Contraste01A - FotoMBoe

Setembro/2019
“Fotografar é viver dos acertos e erros!”
Oito anos no ar!
Iniciado em: 01/10/2010
Novo visual e facilidade de acesso!!!
Ir para o conteúdo

Contraste01A

Foto: Grátis > Escala de Cinza > Contraste
Alto Contraste
• São dois extremos do alto contraste, com muita luz e poucas sombras, foto à direita, e com muita sombra e pouca luz. No primeiro caso há uma gama luminosa maior em toda área da imagem, portanto o contraste entre claro e escuro diminui. No segundo caso, o contraste passa a ser intenso e vigoroso.
• Esse tipo de imagem pode ser conseguido durante a captura fazendo ajustes da velocidade de obturação, ISO, ajuste "EV" para acima de -1, caso seu equipamento tenha este ajuste e é de dois passos o máximo possível será o de -2, para equipamentos mais sofisticados o ajuste será de -3.
• Também pode-se usar um software de edição de imagem e brincar com o contraste e o nível, entre outras ferramentas. O processo é simples, converta a imagem para Escala de Cinza, "Salvar como" com outro nome, e depois fazer os ajustes necessários até conseguir a imagem ideal. Para uma melhor escolha, "Salvar como..." vários ajustes, lembre-se de fazê-lo com outro nome, por exemplo, Casa 01a, Casa 02b, Casa 03c etc. A original será apenas "Casa" (colorida) e a convertida para escala de cinza "Casa 01".
• Não é todo equipamento que permite fazer este tipo de captura, como os mais simples, alguns celulares e smartphones.
• Equipamentos mais sofisticados e reflex com lente cambiável são os melhores e mais indicados.
• Os softwares que podem ser utilizados são, os grátis: Paint.Net ou Gimp. Os pagos: Ashampoo Photo Commander; Corel PaintShop e o PhotoShop, existem outros bons softwares, basta você pesquisar e verificar qual é o melhor para suas necessidades pagos, grátis e  livres.
• O alto contraste cria uma atmosfera  sombria, impactante, até tenebrosa, tudo vai depender da cena, da sua composição e dos ajustes no equipamento e no software. Muitas vezes pode até se aproximar das fotos em P&B (imagens apenas em preto e branco que não tem passagens tonais).
• A imagem colorida é a original, a em escala de cinza é a ajustada ou editada via software. Uma imagem colorida pode perder em qualidade e encanto ou atenção quando convertida para escala de cinza e pior ainda, descaracterizá-la, como aconteceu com a segunda imagem acima (de cima para baixo), que na conversão o avermelhado nas nuvens perdeu-se, o que não aconteceu com a imagem acima. Esta ganhou força e até qualidade.
• Esse tipo de imagem é interessante não apenas para publicações, mas também para grandes painéis, óbvio que dependerá da resolução para se fazer a ampliação. A granulação, em alguns casos, poderá deixar a imagem ampliada ainda mais interessante, é preciso experimentar.
• Bom trabalho, pesquisa e boas capturas!
ANTERIORES
• As imagens em cores tem grande importância, mas em muitas situações a em escala de cinza produz um resultado melhor e mais forte e quando se sabe usar o contraste produzido pela luz e sombra sua força ainda é maior. As imagens, ao lado e abaixo, foram capturadas em cores e depois convertidas para escala de cinza. Qualquer software tem ferramenta para a conversão em escala de cinza, muitas vezes denominadas de conversão para preto & branco. Até mesmo os visualizadores têm essa possibilidade.
• São várias as possibilidades, como: do interior para fora, de uma área menos iluminada em contraste com a água corrente de um rio, de uma área iluminada e um fundo menos iluminado, fundo escuro e primeiro plano iluminado, entre outras possibilidades. É preciso passar a observar. Continuar fazendo capturas fotográficas em cores e depois, via software, converter apenas as que interessam é a melhor opção, mas quando da captura é preciso compor pensando na escala de cinza, do contrário não ficará boa.
• Esta última imagem ficou interessante, pois foi usada como moldura uma roda d'água, o cano de bambu e a estrutura que sustenta o bambu. Este é faz a vez do cano.
• Como eles estão poucos iluminados criam uma moldura com a área mais iluminada e valorizam a vegetação aquática. O efeito em cores é curioso, mas em escala de cinza fica ainda mais interessante e até impactante.
• No início é muito comum cometer-se erros, como deixar uma área excessivamente escura ou iluminada, mas com o tempo e o ajuste manual correto os resultados serão diferentes.
• Outra questão importante, já comentado nesta seção, é preciso aprender a compor em preto e branco.
• A opção de fotografar em cores e depois converter a imagem para a escala de cinza possibilita a seleção, não há a perda da imagem original, basta "Salvar como..." e não apenas "Salvar" após a conversão. É muito mais complexo converter uma fotografia em escala de cinza para cores e não é qualquer software que o faz, geralmente apenas os pagos, com exceção do Gimp. Optar por capturas coloridas também facilitarão a conversão para monocromia, sépia, preto & branco etc.
• Boas experiências e capturas!

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS:

• Todos os direitos reservados! É proibido imprimir, copiar, distribuir (mesmo a título de gratuidade), encartar, reproduzir (por qualquer meio mecânico, eletrônico, digital, fotográficos, filme, e vídeo), sem a devida autorização fornecida por escrito pelo proprietário do Site FotoMBoé.com. Todas as imagens (desenhos, pinturas, ilustrações, fotografias, vídeos etc.), textos, slides show, galerias, apresentações (em Flash, exe, html etc.) foram produzidas por Vivaldo Armelin Júnior que é o detentor dos direitos autorais.
• É permitida a abertura exclusiva online, qualquer outra possibilidade é necessário autorização por excrito, como acima descrito. Contato por e-mail.

São Paulo - SP, Brasil
Voltar para o conteúdo