Equilíbrio01A - FotoMBoe

Outubro/2019
“Fotografar é viver dos acertos e erros!”
Nove anos no ar!
Iniciado em: 01/10/2010
Novo visual e facilidade de acesso!!!
Ir para o conteúdo

Equilíbrio01A

Exemplo Prático > Equilíbrio

Por: Vivaldo Armelin Júnior
24/02/2017

••• Equilíbrio 01
Equilíbrio 01
Por: Vivaldo Armelin Jr. Fev./17
• Observe que o horizonte está inclinado, um erro muito comum. Esse ocorre por uma composição imperfeita, bem como o equilíbrio. O fato do horizonte estas inclinado cria-se a sensação de desequilíbrio, ou seja, o prédio dá a impressão que está pendendo para a direita. A palavra-chave é "sensação".
• Essa sensação torna-se desagradável aos olhos e ao nosso senso de estabilização.
• Via software é possível realizar a correção, mas haverá perda de área da imagem. Para evitá-lo é preciso estar atento à maneira como segura o equipamento, não se iludir com o que está vendo no visor ou tela de LCD e prestar atenção não só no elemento em primeiro plano ou em destaque, mas também em tudo que o rodeia, mesmo quando a profundidade de campo é pequena. A imagem ao lado foi corrigida via software.
• Outro problema que causa desequilíbrio é o excesso de elementos em primeiro plano ou até mesmo no fundo que "sujam" a imagem, como no exemplo ao lado as placas. Esses elementos além de desequilibrar a imagem, também tiram a atenção do principal, a edificação ao fundo. Outro problema que poderia ser evitado durante a captura. Mais uma vez, erro de composição.
• Via software foi possível fazer um recorte e solucionar o problema, porém, quando o recorte é de uma área muito pequena, a qualidade da imagem final, caso seja ampliada, será péssima. A melhor solução é aprimorar a composição e o enquadramento, buscando sempre o equilíbrio. Nem sempre o software poderá ajudar. Treine seus olhos fazendo capturas experimentais antes de viajar.
• Para concluir, foi feito um pequeno ajuste na linha do horizonte. Vale lembrar que para melhorar a imagem seria necessário retirar a parte de um veículo no canto inferior esquerdo. Existe uma solução para isso, a ferramenta "Clonar" ou "Carimbo", que copia uma área adjacente à imagem a ser apagada. É preciso saber usá-la para que não apareçam as marcas da sobreposição, por esse motivo, não ampliar muito a área de clonagem.
• Esta fotografia ao lado tem boa composição e equilíbrio, condição que leva o observador a uma sensação agradável, visualmente falando, e a uma leitura mais interessante, pois tudo que incomoda não é agradável para a leitura. Não importa o equipamento, seja ele, um celular simples, smartphone, tablet, câmera compacta simples, intermediária ou avançada, uma superzoom, mirrorless ou uma profissional.
• É possível observar que as áreas A.1 e A.2, mais escuras, se equilibram, pois seus pesos são equivalentes. O mesmo acontece com as áreas B.1, B.2 e B.3. Uma boa composição ocorre porque o fotógrafo soube observar todos os elementos que estão presentes no enquadramento. Em muitas situações é importante e preciso uma boa observação antes de fazer a composição via visor ou LCD da câmera.
• Não foi realizado nenhum ajuste nesta imagem, o que é preciso mostrar é o percurso visual primário. O percurso visual é a "linha" ou "caminho" percorrido pelos olhos durante a leitura da imagem. Esse percurso visual não é único e ele depende das linhas de equilíbrio. É possível estudar estas técnicas com base nos desenhos e pinturas, pois elas se repetem na fotografia.
• Na fotografia não há métodos inovadores de composição, enquadramento e equilíbrio, pois estas técnicas são provenientes do desenho e da pintura, mas também da escultura, pois o volume a forma é a base para a composição.
• É necessário, portanto, importantíssimo, estudar as teorias sobre a luz e depois, colocá-las em prática, inclusive no que se refere às Cores Primárias da Luz (Verde - Azul - Vermelho) e suas misturas.
• O treinamento em capturas experimentais é fundamental para um bom aprendizado, mas nunca despreze a teoria. Uma boa opção é visitar as exposições de fotógrafos ou fotógrafas profissionais, nos mais diversos gêneros, visualizá-las em livros, revistas, jornais etc. A internet também é uma ótima opção.
São Paulo - SP, Brasil
Voltar para o conteúdo