Macro - FotoMBoe

Setembro/2019
“Fotografar é viver dos acertos e erros!”
Oito anos no ar!
Iniciado em: 01/10/2010
Novo visual e facilidade de acesso!!!
Ir para o conteúdo

Macro

Macrofotografia > Geral
• Nem todo equipamento é possível fazer capturas macro, pois o chamado macro tem distância mínima de 10 a 25 cm, referente ao foco entre a câmera e o modelo. O verdadeiro macro é feito com a distância máxima de 5 cm. Nos equipamentos reflex com lentes cambiáveis pode-se fazer capturas macro invertendo a lente usando um adaptador. O problema é que os ajustes eletrônicos são perdidos e os filamentos na baioneta ficam expostos, ou seja, sujeitos a danos até irrecuperáveis.
• Muitas câmeras compactas simples o modo "Macro" permite fazê-lo a aproximadamente 25 cm. Algumas compactas intermediárias e avançadas a distância de foco é de 2 cm. As câmeras compactas superzoom também permitem o macro usando o zoom e a distância não é a mesma para o modo macro, geralmente com o zoom a distância é de aproximadamente 1,5 m. Por fim, as mirrorless, como tem lentes cambiáveis, produzem os mesmos resultados das reflex (DSLR).
• Celulares e smartphones também são capazes de produzir capturas no modo macro, com distância de até 1 cm para o foco. Vai depender do modelo.
• Em algumas situações é recomendado fixar o equipamento em um tripé ou outro apoio estável. Nunca usar o flash porque irá provocar explosão de luz e superexposição.
• Esta captura foi feita com uma lente 18 x 55 mm, analise a diferença entre esta e a primeira imagem à esquerda.
• Cuidado para não tremer ou perder o foco, na imagem acima é possível perceber que o foco não está correto, o ideal, em alguns casos é obter o foco nos olhos do modelo.
• Tudo pode ser tema para a fotografia macro ou macrofotografia. Uma teia de aranha tomada por folhas, uma pequena flor, a ponta de uma caneta esferográfica, um botão, moeda, semente, pólen etc.
• Todas as flores permitem capturas no modo macro, bem como, muitos insetos, plantas, invertebrados, peixes, pregos, parafusos, partes de componentes eletrônicos ou eles inteiros...
• No exemplo, a teia de aranha tomada por restos de folhas e pequenos galhos, fator que destruiu a camuflagem inicial, mas também ainda útil, pois um inseto desavisado pode cair na armadilha da aranha por achar que aquilo é apenas um amontoado de folhas e galhos.
• Nesta primeira imagem uma captura no modo macro para equipamentos mais simples, entre eles, as câmeras compactas simples, celulares mais simples e até tablets. O foco deve de preferência estar nos olhos do inceto. Caso possa controlar a velocidade de obturação e a abertura do diafragma a qualidade da imagem será muito melhor. Quanto mais fechado o diafragma, maior será a profundidade de campo.
• Esta flor acima é bem pequena, estava brotando, sua beleza pode ser melhor visualizada com capturas macro.
• As capturas macro poderão ser mais próximas dos modelos aqui apresentados, mas nosso objetivo é mostrar que nem sempre um macro em plano bem fechado é a melhor opção.

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS:

• Todos os direitos reservados! É proibido imprimir, copiar, distribuir (mesmo a título de gratuidade), encartar, reproduzir (por qualquer meio mecânico, eletrônico, digital, fotográficos, filme, e vídeo), sem a devida autorização fornecida por escrito pelo proprietário do Site FotoMBoé.com. Todas as imagens (desenhos, pinturas, ilustrações, fotografias, vídeos etc.), textos, slides show, galerias, apresentações (em Flash, exe, html etc.) foram produzidas por Vivaldo Armelin Júnior que é o detentor dos direitos autorais.
• É permitida a abertura exclusiva online, qualquer outra possibilidade é necessário autorização por excrito, como acima descrito. Contato por e-mail.

São Paulo - SP, Brasil
Voltar para o conteúdo