P-e-B01 - FotoMBoe

Outubro/2019
“Fotografar é viver dos acertos e erros!”
Nove anos no ar!
Iniciado em: 01/10/2010
Novo visual e facilidade de acesso!!!
Ir para o conteúdo

P-e-B01

Preto & Branco - P&B
Preto e Branco 02
Por: Vivaldo Armelin Jr.
• São várias as possibilidades de conversão para Preto & Branco, nessa sugestão foi eliminado o fundo antes da conversão, pois o resultado fica melhor e menos confuso, mas não é todo tipo de imagem que produz resultados satisfatórios. É preciso analisar a posição do modelo, o ângulo, o espaço que ocupa na composição, as áreas de luz e sombra, a textura e a variação tonal entre as cores do original. A conversão poderá ser feita em imagens fotográficas em "Escala de Cinza" e "Monocromática".
• A primeira imagem, a original à esquerda, teve o fundo apagado, quando da conversão o resultado ficou muito melhor e limpo. Mae tenha cuidado para não deixar uma área limpa muito grande, se necessário recorte a imagem (ferramenta crop) antes ou após a conversão.
• Já as duas imagens abaixo foram colocadas para destacar a diferença entre uma que não teve o fundo apagado e a outra que se eliminou o fundo. O resultado da primeira é satisfatório, mas não tão limpo quanto o da segunda imagem.
• Bom trabalho e experiências!
 Preto e Branco 01
Por: Vivaldo Armelin Jr.
• Como foi destacado na introdução desta seção a fotografia em preto & branco é produzida via software e uma boa opção é o Paint.Net e o Gimp – ambos grátis, mas para esse trabalho é preciso baixar plug-ins.
• As imagens proporcionarão uma nova leitura, pois não haverá uma gradação tonal e sim áreas de preto e outras de branco. Nem toda imagem é ideal para esse tipo de conversão, por essa razão é importante testar num dos softwares indicados.
• Esse tipo de imagem fotográfica é impactante e surpreendente quanto a valorização das formas, porém há perda do volume. Para este exemplo usamos o software Paint.Net e foi instalado o plug-in “Color”.
• A mesma imagem agora convertida para preto e branco (P&B). Lembrando que esta não é a conversão para escala de cinza. A seguir como ela é feita.
• Equipamento usado a Pentax Optio E10, de 7 MP.
• Esta é a imagem original, não foi tratada, apenas reduzida em seu tamanho original.
• É muito simples, com o Paint.Net aberto, na barra de menu clicar em “Efeitos”, depois em “Color” e “Black And Write...”, esta feita a conversão. Lembrando que ao baixar este software também será necessário baixar o plug-in “Color”, este não tem versão em português do Brasil, apenas em inglês.
• Nas imagens ao lado, à esquerda, as etapas para a conversão.
• Abaixo outros exemplos de conversão para P&B.
• As imagens convertidas poderão ser impressas em papel, usadas na internet, em uma publicação (livro ou e-livro), num vídeo etc.
• Você até poderá, com a conversão, salvar uma imagem ruim e até desfocada. O importante é não ter medo de ousar e fazer muita experiência.
• Softwares pagos também tem essa opção, mas cuidado, pois muitos deles é preciso baixar plug-ins e estes também são pagos.
Preto e Branco 02
Por: Vivaldo Armelin Jr.
• Nesta página da seção Foto Preto & Branco – P&B, apresentamos as possibilidades usando desta vez o Gimp, um software livre, do projeto Gnu, e grátis.
• As fotos preto e branco não possuem passagens tonais, suas áreas pulam diretamente do preto para o branco, não existem tons de cinza. A sensação do cinza pode até acontecer em áreas onde existam muito próximos o preto e o branco.
• Esse alto contraste produzido pelas áreas pretas e as brancas produzem uma imagem impactante e que proporciona uma nova leitura. Uma leitura onde a emoção é valorizada, condição que provoca uma grande perda no quesito descrição.
• Uma imagem colorida, em escala de cinza ou monocromática, tem grande poder descritivo por possuírem detalhes que conduzem a uma interpretação mais completa durante a leitura, já as imagens em preto & branco, possibilitam apenas a visualização de algumas formas, sem os detalhes das demais.
• No Gimp será selecionado na barra de menu "Filtros", "Artísiticos" e "Fotocópia" para todas as conversões. O mais importante, é possível fazer ajustes manuais.
• Vejam alguns exemplos:
• As janelas principais do Gimp são três distintas, uma organização diferente da tradicional, pois algumas ferramentas estão em janela separada da principal, porem nada que prejudique o trabalho. A principal possui os menus e a área de trabalho. O Gimp produz resultados com qualidade bem próximo ao mais famoso e caro dos softwares de edição de imagem. Possui também muitos plug-ins para serem instalados.
• Nas imagens a sequência de trabalho da conversão até salvar como o arquivo final. O processo é bem simples e rápido.
• Vale relembrar que nem toda imagem produzirá bons resultados, portanto fazer testes é necessário para que se obtenha imagens fotográficas de qualidade, sejam elas para impressão em papel, para a internet, apresentação de slides etc.
• A primeira imagem, abaixo e à esquerda, é a original e tem a imagem final, já convertida, a seu lado à direita e as demais, abaixo destas, apenas o resultado final da conversão.
 Preto e Branco 03
Por: Vivaldo Armelin Jr.
• Você pode se perguntar, foto P&B não são sempre a mesma coisa? Não! cada imagem tem sua mensagem, portanto uma maneira diferenciada para que o observador possa lê-la.
• Nesta edição apresentaremos três resultados com fotografia feita com a câmera fotográfica digital Pentax Optio E10, uma câmera que tem resolução máxima de 6 MP, portanto permite boa ampliação, mas é um bom equipamento já fora de linha.
• Também usamos o software PhotoFiltre, que é grátis, faz a conversão de maneira simples e rápida. Foi usada, na “Barra de menu”, no menu que se abre a opção “Superfície” e no submenu a opção “Fotocópia”.
• Não há possibilidade de ajustes automáticos, mas a conversão automática produz resultados extremamente satisfatórios. O importante é escolher imagens adequadas, que produzam resultados diferenciados e interessantes. Tem imagens fotográficas que não são ideais para este tipo de imagem, ou seja, em P&B.
• Algumas imagens são ótimas para a conversão em escala de cinza, monocromia, sépia, mas ruins para o P&B.
• É preciso aprender a ver a imagem em P&B, como acontece com as imagens em cores, monocromáticas, escala de cinza, sépia, envelhecida etc.
• Os maiores e melhores fotógrafos treinam a sua visão para ver em um dos modos, acima citados, que deseja fotografar.
• Abaixo a tela do PhotoFiltre.
• Abre-se o programa PhotoFiltre e segue-se os passos indicado na imagem à esquerda. Não há como fazer ajustes manuais, tudo é automatizado, porém os resultados são interessantes. O mais importante é saber escolher a(s) imagem(ns) a serem convertidas.
• Para que não ocorra a perda da imagem original, na “Barra de menu”, “Arquivo”, na opção “Salvar como...”, renomear a imagem e então salvá-la.
Preto e Branco 04
Por: Vivaldo Armelin Jr.
• Nesta seção, Foto P&B, foram disponibilizados três exemplos de foto preto & branco, portanto não havendo nenhum tom de cinza.
• Os vários softwares disponíveis, pagos, grátis ou livres, oferecem estas opções, nem sempre produzem o mesmo resultado, pois alguns a conversão é automática, já outros oferecem o ajuste manual.
• Na nossa opinião todos oferecem bons resultados e podem até ser impressos em papel com alta qualidade, seja via impressora em papel especial, brilhante ou opaco, também em quiosques, ou ainda, via laboratórios. Estas imagens proporcionam boas ampliações e até podem ser emolduradas, tornando belíssimos quadros.
• As possibilidades de conversão para o P&B são muitas, porém deve fazê-las analisando cada imagem, pois muitas são produzem bons resultados quando convertidas. É importante analisar a luz, as formas, os contrastes, o tom de cada uma das cores e até as passagens tonais, pois estas últimas desaparecerão após a conversão.
• As imagens reticuladas, comuns na época das tipografias, produzem a sensação da gradação tonal pelo distanciamento entre cada retícula (ponto), que criam uma ilusão óptica.
• Esse tipo de imagem produz resultados interessantes e inéditos, que podem ser usados em publicações, painéis, pôsteres, na internet, em vídeos, apresentações, slides show etc.
• A imagem à esquerda foi convertida para reticulada. A visão dos tons de cinza é oriunda da ilusão óptica, ou seja, é uma mera sensação óptica.
 
• Esta outra conversão escurece a maioria da área da imagem e cria um contorno branco. Um visual bem interessante e que chama a atenção de quem irá visualizá-la em qualquer meio, na tela do computador, televisor ou impressa.
Preto e Branco 05
Por: Vivaldo Armelin Jr.
• As fotos em preto e branco são interessantes e produzem resultados que surpreendem. Para esta proposta usamos o software Ashampoo Photo Commander, licenciado, para a conversão denominada "Binarização", na realidade o P&B. Binarização porque são apenas os dois neutros, preto e o branco, não existe o cinza e seus tons, no menu "Efeitos".
• Essas imagens produzem excelentes retratos e quando emoldurados surpreendem, pois chamam a atenção daquele ou daquela que passa ao seu lado. Nos exemplos, é possível ver a força do P&B. O maior problema é que nem toda imagem trará bons resultados, é preciso testar e com o tempo, o seu olhar será automático, portanto não haverá tantas dificuldades para localizar imagens para conversão. O olhar é o mesmo que aquele para fotografar em cores e depois convertê-las para escala de cinza, monocromia etc.
• São vários os softwares grátis que também permitem esse tipo de conversão, seja curioso ou curiosa, pois se quer ganhar dinheiro essa é uma grande opção para estampar camisetas, toalhas, canecas, etc. Outra opção e a produção de quadros, chaveiros, adesivos, decoração de capacetes, entre tantas possibilidades.
• Não há como fazer capturas em P&B puro, apenas convertendo imagens coloridas ou em escala de cinza. As monocromáticas poderão gerar resultados desagradáveis, mas tudo dependerá da imagem.
• É importante escolher imagens que tenham bons contrastes entre áreas de luz e sombra. Não há segredo, pois a captura será em cores, o enquadramento e a composição seguem as mesmas regras para qualquer fotografia.
Preto e Branco 06
Por: Vivaldo Armelin Jr.
• O ACDSee 6, um software de qualidade possui diversos efeitos e o o de Preto & Branco está localizado em: Adjustment, Light e Threshold, o soft é em inglês. Não tem grandes diferenças entre os softwares, apenas na seleção de como você quer visualizar, este permite opção manual.
• O preto e branco produz imagens inusitadas e muito interessantes até de imagens tremidas e fora de foco, sejam elas monocromáticas, escala de cinza ou em cores.
• Utilizá-las em grandes painéis é uma opção bastante interessante, por exemplo. Não são o original da imagem, mas podem trazer uma nova abordagem no campo da fotografia, por exemplo, em painéis, colocar lado a lado a colorida e a P&B, ou ainda, uma cópia em monocromia e escala de cinza. Bom trabalho!

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS:

• Todos os direitos reservados! É proibido imprimir, copiar, distribuir (mesmo a título de gratuidade), encartar, reproduzir (por qualquer meio mecânico, eletrônico, digital, fotográficos, filme, e vídeo), sem a devida autorização fornecida por escrito pelo proprietário do Site FotoMBoé.com. Todas as imagens (desenhos, pinturas, ilustrações, fotografias, vídeos etc.), textos, slides show, galerias, apresentações (em Flash, exe, html etc.) foram produzidas por Vivaldo Armelin Júnior que é o detentor dos direitos autorais.
• É permitida a abertura exclusiva online, qualquer outra possibilidade é necessário autorização por excrito, como acima descrito. Contato por e-mail.

São Paulo - SP, Brasil
Voltar para o conteúdo