Planos01 - FotoMBoe

Outubro/2019
“Fotografar é viver dos acertos e erros!”
Nove anos no ar!
Iniciado em: 01/10/2010
Novo visual e facilidade de acesso!!!
Ir para o conteúdo

Planos01

Exemplo Prático > Planos
Links - Em ordem de lançamento.
Macro I
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Out./18
• A macrofotografia é uma técnica e um plano interessantíssimo, tudo porque nos conduz, com detalhes ao um mundo invisível a olho nu. Nessa matéria o objetivo é apresentar as possibilidades deste tipo de captura, seja com celular com câmera fotográfica, smartphone, câmera compacta, reflex ou não de entrada ou full frame e até com a esquecida Webcam, pois ela é usada mais para vídeo. Alguns modelos de Webcam fazem captura fotográfica macro entre 05 e 2 cm entre a câmera e o modelo, são mais caras, mas produzem resultados satisfatórios.
• A fotografia macro permite fazer estudo e análise de tudo que é pequeno, nessa condição as câmeras DSLR ou Mirrorless levam grande vantagem sobre as demais pela possibilidade de troca da lente e fazer uso de uma mais adequada às suas metas.
• Outro fator que as favorecem são as possibilidades de controle da abertura do diafragma, ISO, velocidade de obturação, balanço (equilíbrio) de branco, porém esse tipo de equipamento exige conhecimento mais específicos e detalhados.
• Saber compor e enquadrar é uma exigência comum a todo fotógrafo ou fotógrafa. A macro fotografia é exigente nesse aspecto por que qualquer ajuste mais impreciso da profundidade de campo destruirá sua captura. Esteja atento ou atenta a muitos detalhes, tenha muita paciência e analise o ambiente, mesmo em um estúdio.
• Importante: grandes recortes não produzem boas fotos macros, pois será impossível conseguir boas ampliações.
• As duas fotografias abaixo são as originais.
• Boa experiência e trabalho.
• Recortes e por fim uma ampliação do último recorte. Como o recorte diminui a quantidade de píxel, ao ampliar a imagem recortada estes serão vistos deixando-a sem definição.
Plano Geral (PG) e Grande Plano Geral (GPG) I
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Mai./18
• São vários os planos, mas nessa matéria da seção Exemplo Prático do Site FotoMboé.com, serão abordados dois planos abertos, obtidos com lentes entre 10 e 50 mm, seja para equipamento compacto ou de entrada, ou ainda, full frame.
• São planos em que a emoção não é o elemento principal para a leitura da imagem, é uma fotografia mais descritiva e não detalhista, como ocorre com os planos mais fechados, por exemplo, o close-up.
• Trata-se de um plano bastante aberto, ou seja, o ângulo de "visão" da câmera é mais amplo, alcança uma grande área à frente do fotógrafo e da câmera, pode ser uma paisagem urbana ou rural, ou ainda, ambas.
• São planos que possibilitam reconhecer o local, ou seja, se localizar, portanto um plano que identifica.
• O trabalho compositivo não é fácil, porque qualquer elemento pode desequilibrar a imagem e destruir seu enquadramento. É preciso atenção em todos os sentidos, não basta se preocupar com os elementos e esquecer-se da iluminação, preocupar-se com as formas e esquecer dos volumes, texturas, cores e tons, mesmo em fotografia em escala de cinza ou monocromática.
• A primeira imagem foi feita em plano geral (PG) e a segunda, além de ser aérea, está em grande plano geral (GPG), observem a diferença entre as duas capturas fotográficas. Vale lembrar que quando se usa o zoom em aproximação ou afastamento, mesmo estando distante do modelo, está mudando o plano porque a área de visão do sensor (equipamento) é menor. Estes dois planos são definidos pelo ângulo de visão do equipamento e não pela distância entre o equipamento e o modelo.
• Você pode observar que o PG permite uma análise mais detalhada (fotografia acima), mas não completa, dos elementos que compõem a cena em relação ao GPG, que é mais descritivo e permite a identificação do local/ambiente, por isso, é importantíssimo fazer capturas em planos variados em um mesmo local/ambiente, dos mais abertos aos mais fechados. Estes serão abordados em outras matérias.
• Nesta imagem acima em GPG é possível perceber, por exemplo, a área urbana e a rural da cidade de Serra Negra - SP, a área verde e os diferentes projetos arquitetônicos das edificações na área urbana, como as ruas delimitam os quarteirões, entre outras possibilidades.
• Você pode explorar os vários horários do dia, dos dias do mês, do ano... Colocar a sua câmera sobre um tripé e fazer capturas de manhã, na metade do dia, à tarde e à noite, proporcionam imagens interessantes e que se completas, um verdadeiro estudo e que produz imagens que se completa, mas você terá que ter paciência e cuidado com os ajustes do equipamento para cada uma das capturas.
• Boas experiências e trabalho!

Plano Geral - Paisagem - I
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Mar./15

• Os Planos Fotográficos são importantíssimos para o registro, não importa a classificação, o tema, gênero, assunto e para que será utilizada.

• Os planos, como já publicamos, transmitem informações, ou seja, permitem a leitura de uma imagem fotográfica de maneira diferente. Estes vem do desenho e da pintura, não exatamente com esta nomenclatura, também muito usados nas gravuras, como xilografia, água-forte, linóleografia etc.
• Os planos mais utilizados na fotografia são:
 
A. Plano Telescópico - PT – imagens obtidas com o auxílio de um telescópio, seja da lua, das estrelas, sol etc.
B. Grande Plano Geral – GPG – capturas panorâmicas, com ou sem a ajuda de um software para juntar imagens sequenciais de um mesmo ambiente. Esta poderá ser urbana ou rural, ou mesmo, de outros planetas em seu solo, como fez a NASA em Marte e na Lua. Estas imagens são descritivas, pois permitem uma leitura bem ampla do ambiente, podendo ser até dos 360º.
C. Plano Geral – PG – planos bem abertos, que capturam imagem bem ampla do ambiente. Como as dos exemplos. Estas são descritivas.
D. Plano Americano – plano aberto, mas já destacando algum elemento, ainda é descritivo, mas já está passando para o emocional.
 
• Os demais planos já não são planos abertos, estes analisaremos em outra oportunidade.
• Por serem descritivos, os planos abertos permitem a localização, conhecer o espaço e o ambiente, ou seja, situar-se. Um plano muito usado na televisão, cinema, vídeo, histórias em quadrinhos etc.
• Para uma boa captura fotográfica é importante saber fazer os ajustes necessários, como do ISO, abertura do diafragma, velocidade de obturação, balanço de branco etc.
• Não adiante apenas ser um acionador do botão disparador, estas pessoas que o fazem no modo automático capturam imagens (infelizmente a maioria) e não imagens fotográficas.
• É preciso também e não menos importante saber compor e equilibrar, entender sobre perspectiva, linha do horizonte, ponto de fuga etc.
• Estes elementos vindo das Artes Plásticas, mais especificamente do desenho e pintura, proporcionam uma qualidade muito maior às imagens fotográficas.

• Acima temos dois exemplos de paisagem urbanas, porém com iluminação bem diferente entre elas.

• O plano da primeira, à esquerda, quase chegando a uma panorãmica, é mais aberto do que a da segunda, à direita, um pouco mais fechado e com maior detalhamento dos elementos que a compõem.

• Uma vista em Plano Geral de uma região serrana, mais precisamente, de um mirante em Santo Atônio do Pinhal - SP.

• As duas imagens são em PG, mas diferem quanto à temática, uma urbana, à esquerda, e outra rural, à direita.

• Esta imagem destaca as cores na plantação e o contraste ejntre as demais áreas.

• Veja a diferença com a mesma fotografia em P&B. A leitura de cada uma delas passa a ser bem diferente.

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS:

• Todos os direitos reservados! É proibido imprimir, copiar, distribuir (mesmo a título de gratuidade), encartar, reproduzir (por qualquer meio mecânico, eletrônico, digital, fotográficos, filme, e vídeo), sem a devida autorização fornecida por escrito pelo proprietário do Site FotoMBoé.com. Todas as imagens (desenhos, pinturas, ilustrações, fotografias, vídeos etc.), textos, slides show, galerias, apresentações (em Flash, exe, html etc.) foram produzidas por Vivaldo Armelin Júnior que é o detentor dos direitos autorais.
• É permitida a abertura exclusiva online, qualquer outra possibilidade é necessário autorização por excrito, como acima descrito. Contato por e-mail.

São Paulo - SP, Brasil
Voltar para o conteúdo