Plantas - várias 01 - FotoMBoe

Outubro/2019
“Fotografar é viver dos acertos e erros!”
Nove anos no ar!
Iniciado em: 01/10/2010
Novo visual e facilidade de acesso!!!
Ir para o conteúdo

Plantas - várias 01

Exemplo Prático > Plantas

Registrar Plantas - 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - 12/04/2014


• Nesta oportunidade apresentamos quatro exemplos de como fotografar plantas e o cuidado com o enquadramento, equilíbrio e as cores. Com uma das fotografias fizemos uma brincadeira para aumentar o interesse sobre esta imagem.
• Todas as imagens foram capturadas com uma câmera fotográfica digital Canon EOS Rebel XS de 10 MP e ISO 100, com a lente padrão do modelo, uma zoom 18-55 mm, na mão e balanço de branco para dia ensolarado.
• Muitas vezes ao fotografar plantas, seja em plano mais fechado ou mais aberto, como a primeira imagem ou de uma floresta (terceira imagem).
• Cada imagem exige um ajuste específico, mesmo com câmera compacta e desde que não esteja usando o modo automático é possível fazer ajustes para melhorar a qualidade da imagem.
• Muitas vezes é conveniente o uso de um cavalete, principalmente se estiver usando o zoom.
• Elevar o ISO quando necessário também é uma excelente solução.
• O ajuste da velocidade de obturação nas câmeras reflex, mirrorless ou full frame deve estar integrado ao ajuste do diafragma e do ISO.
• Vale lembrar que o uso do diafragma bem aberto resultará em uma imagem com pouca profundidade de campo, ou seja, o fundo sairá desfocado (poderá ser o primeiro plano dependendo da prioridade de foco, primeiro ou segundo plano). Quando o ajuste do diafragma estiver mais fechado, maior será a profundidade de campo, portanto ambos os planos poderão estar nítidos, vai depender da opção de abertura.
• Os equipamentos compactos simples geralmente permitem ajustar o ISO, o balanço de branco, ficando para o modo automático o ajuste do diafragma (se possuir) e da velocidade de obturação.
• Mas, mesmo assim, é possível melhorar a qualidade da imagem, pois o modo automático nem sempre faz a leitura mais adequada e correta, portanto poderá haver erro no ajuste.
• Procurar capturar imagens diferenciadas é outra opção, pois elas geralmente são as melhores e por saírem da rotina são mais interessantes.
• Muito zoom provocará o achatamento (chapar a imagem), por haver pouca luz chegando às lentes e consequentemente pouca variação tonal e ou áreas de luz e sombra.
• Não se importar com o público também é muito importante para a captura diferenciada. A maioria das pessoas por desconhecimento ou porque tem apenas a preocupação com o registro para recordação, não buscam o diferente e inédito.
• Os equipamentos reflex, mirrorless ou full frame permitem a troca de lentes e em muitas oportunidades é conveniente o uso de lentes fixas (aquelas que não possuem zoom), pois a qualidade final da imagem é muito melhor do que as zoons e teles.
• Em muitos casos a lente olho de peixe será uma opção interessante, principalmente se desejar uma imagem descritiva do ambiente.

• Imagem obtida com a câmera Canon EOS Rebel XS, de 10 MP, com abertura do diafragma em f/10 e velocidade de obturação 1/250 s. •

• Imagem obtida com a câmera Canon EOS Rebel XS, de 10 MP, com abertura do diafragma em f/11 e velocidade de obturação 1/250 s. •
Nesta imagem foi utilizado dos troncos de uma mesma árvore como moldura para o fundo em foco. Como a abertura do diafragma estava em F/11 a nitidez foi comum aos dosi planos, frente e fundo. Também seria válido priorizar um dos planos, mas nessa caso a abertura teria que ser maior, por exemplo, f/2.0.

• Imagem obtida com a câmera Canon EOS Rebel XS, de 10 MP, com abertura do diafragma em f/5.6 e velocidade de obturação 1/80 s. •
É muito comum as pessoas fotografarem o morro todo e perderem as formações produzidas pela ação do vento sobre as nuvens. Muitas vezes, como neste caso, foi dado o zoom máximo para capturar o topo do mosso e as nuvens.

• Imagem obtida com a câmera Canon EOS Rebel XS, de 10 MP, com abertura do diafragma em f/1.8 e velocidade de obturação 1/1250 s. •
Para esta imagem houve o trabalho de captura com a técnica do terço, quando foi deslocado o elemento em foco para à esquerda. A profundidade de campo é menor, pois o fundo não está completamente nítido.

• Depois apagar o fundo de uma cópia da imagem original deixando-o transparente e salvá-la no formato PNG. Este formato aceita transparência. Para deixar o fundo transparente você poderá usar o soft Paint.Net, que é grátis ou o Gimp.

• Esse processo é simples, basta converter a imagem para tons de ciano. Salvá-la com outro nome.

• Colar como camada a imagem transparente sobre a imagem do fundo em tons de ciano. Salvar a mesma no formato desejado.

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS:

• Todos os direitos reservados! É proibido imprimir, copiar, distribuir (mesmo a título de gratuidade), encartar, reproduzir (por qualquer meio mecânico, eletrônico, digital, fotográficos, filme, e vídeo), sem a devida autorização fornecida por escrito pelo proprietário do Site FotoMBoé.com. Todas as imagens (desenhos, pinturas, ilustrações, fotografias, vídeos etc.), textos, slides show, galerias, apresentações (em Flash, exe, html etc.) foram produzidas por Vivaldo Armelin Júnior que é o detentor dos direitos autorais.
• É permitida a abertura exclusiva online, qualquer outra possibilidade é necessário autorização por excrito, como acima descrito. Contato por e-mail.

São Paulo - SP, Brasil
Voltar para o conteúdo