ProfCampo02 - FotoMBoe

Agosto/2019
“Fotografar é viver dos acertos e erros!”
Oito anos no ar!
Iniciado em: 01/10/2010
Ir para o conteúdo

ProfCampo02

Exemplo Prático > Profdd de Campo
Por: Vivaldo Armelin Júnior
• Para este "exemplo Prático", no mês de julho de 2017, usamos dois equipamentos da Canon, um compacto e um reflex com lentes cambiáveis.
• As primeira fotos foram feitas com a Canon PowerShot A640, que tem ajustes beirando os equipamentos profissionais, já o segundo bloco, três últimas imagens, foram feitas com a Canon EOS T4i.
• O controle da abertura do diafragma é fundamental para a criação do efeito profundidade de campo, por isso, não queira achar que seu celular, tablet ou smartphone, vão produzi-lo. A T4i é uma câmera de entrada com sensor bem maior do que a da A640, portanto, a primeira tem melhor qualidade de imagem e permite o controle total da abertura do diafragma, ISO, velocidade de obturação e balanço de branco. Algumas destas funções estão presentes na compacta A640. Mas, chega de papo, vamos ao que interessa!
• No modo macro da A640 o desfoque do fundo é bem grande, ou seja, a profundidade de campo é bem pequena e é percebida rapidamente, o foco está apenas numa área do pêndulo, as demais áreas estão fora de foco.
• Faça a sua análise do que ocorre, uma câmera reflex permite maiores ajustes.
• As duas imagens acima tem o mesmo modelo, só que foram feitas em planos diferentes, a da esquerda em plano geral, já a da direita em plano médio, portanto, em plano mais fechado.
• É possível observar a diferença na profundidade de campo entre as duas capturas.
• Nesses dois exemplos acima o foco no primeiro plano é o destaque e o fundo, por estar desfocado, garante o destaque do modelo. Isso ocorre porque sendo desfocado não chama a atenção do observador, mas interfere na leitura da imagem. O percurso visual conduz para a flor em foco, na primeira imagem à esquerda. Na segunda imagem o foco foi feito nos arbustos e a média profundidade de campo proporcionou uma nova área de interesse que são as folhagens e flores em primeiro plano. O problema é que a maioria das câmeras compactas não permitem o controle da abertura do diafragma e da velocidade de obturação, ações automatizadas pelo sistema da câmera.
• As três imagens acima foram feitas com a Canon T4i, no modo manual, portanto com nenhum ajuste automatizado.
 • A primeira imagem, acima e à esquerda, é da janela com as gotas produzidas pela chuva, o plano do fundo está desfocado, portanto a profundidade de campo é pequena. Para essa captura trabalhou-se com a abertura do diafragma em f/2.8, por causa da iluminação interna e velocidade de obturação em 1/120 seg, ISO 250. É interessante perceber o destaque que ganham as gotas no batente da janela. Uma foto diferenciada e que produziu uma leitura interessante.
• A segunda imagem, acima e à direita, tem foco na escultura dos peixes na fonte e o fundo desfocado garante uma área de interesse, no entanto, com uma abertura mais fechada, acima de f/11, também haveria uma área de interesse, mas todo o campo estaria sendo exposto.
• Por fim, a terceira imagem, acima e ao centro, foi feito uma brincadeira com o retrovisor de uma motocicleta e para destacá-lo foi feita com grande abertura, garantindo um fundo desfocado, ou seja, com grande profundidade de campo.
• Bom trabalho e experiências!

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS:

• Todos os direitos reservados! É proibido imprimir, copiar, distribuir (mesmo a título de gratuidade), encartar, reproduzir (por qualquer meio mecânico, eletrônico, digital, fotográficos, filme, e vídeo), sem a devida autorização fornecida por escrito pelo proprietário do Site FotoMBoé.com. Todas as imagens (desenhos, pinturas, ilustrações, fotografias, vídeos etc.), textos, slides show, galerias, apresentações (em Flash, exe, html etc.) foram produzidas por Vivaldo Armelin Júnior que é o detentor dos direitos autorais.
• É permitida a abertura exclusiva online, qualquer outra possibilidade é necessário autorização por excrito, como acima descrito. Contato por e-mail.

São Paulo - SP, Brasil
Voltar para o conteúdo